Uma nova concepção de arquitetura para melhorar a mobilidade urbana, tomando a região central de Arapiraca como referência para novos projetos. Com este conceito, a segunda maior cidade de Alagoas será destaque no Seminário Online Ruas Completas nas Universidades: como o conceito é abordado em sala de aula, que acontecerá nesta quarta-feira (25), das 14h às 15h30, no curso de Arquitetura e Urbanismo, da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Campus Arapiraca.

Equipes da SMTT e Seduma contemplaram os projetos dos alunos de Arquitetura e Urbanismo da UFAL Arapiraca

O projeto que destaca a cidade fundada por Manoel André é contemplado por 26 estudantes do 8º período do curso de Arquitetura e Urbanismo da UFAL. Os estudantes apresentaram o novo conceito de ruas completas para nove locais do bairro Centro, contemplando ruas e praças da região e melhorando o aspecto urbano desses locais.

Os estudos foram apresentados para a Prefeitura de Arapiraca, através da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), por meio do superintendente Ricardo Teófilo, do adjunto Carlos Alberto Peixoto e à equipe da Diretoria de Infraestrutura do órgão municipal, composta pela diretora de Planejamento, Dayanna Rossy e a arquiteta e urbanista Thaísa Lúcio.

O secretário municipal da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Seduma), Várany Kélthony e a técnica Juliana dos Santos também participaram da apresentação dos projetos.

Aluno do 8º período de Arquitetura e Urbanismo da UFAL apresenta projeto inovador para o Centro de Arapiraca

Sob a coordenação das professoras Simone Romão e Madalena Zambi, além do monitor da disciplina Projeto Urbanismo 1, Ruan Amaral, os projetos também foram apresentados para o representante da Chefia de Segurança no Trânsito do DETRAN/AL, o arquiteto e urbanista Renan Silva; a equipe técnica de Infraestrutura da UFAL, o engenheiro Ricardo Lima, e do técnico e ciclista, Geraldo Brito; como também os docentes doutores Karloni Cruz e Christiane Feitoza, do Grupo de Pesquisa Urbanismo, Sociedade e Espaço (GPUSE), e para estudantes do curso de Enfermagem, entre outros universitários.

Ciclofaixas e intervenções urbanas

Nesta etapa, os alunos elaboraram um projeto de uma rede cicloviária e de transporte coletivo, bem como intervenções urbanas em pontos estratégicos para a região central como a criação de faixas elevadas, mudança de pavimentação da via, alargamento das calçadas, criação de ciclofaixas e a adoção do conceito de espaços compartilhados.

Projeto transforma via do Mercado Público de Arapiraca

O principal objetivo dos projetos é promover um melhor uso do espaço púbico, para potencializar um centro caminhável para as pessoas e a qualificação do espaço urbano para os usuários.

Os alunos elaboraram um banner para mostrar detalhadamente a síntese do diagnóstico, contendo um estudo integrado do Centro como base para os projetos.

Para o superintendente da SMTT, Ricardo Teófilo, o projeto Ruas Completas é digno de ser implantado na cidade e será apresentado para o prefeito Rogério Teófilo e a equipe da prefeitura como parte integrante de projetos parceiros, que tem a finalidade de contemplar propostas edificantes para a cidade.

Superintendente Ricardo Teófilo e equipe da SMTT assistem apresentação de projetos inovadores de alunos da UFAL

“Estamos orgulhosos dos projetos dos alunos e de Arapiraca estar entre as cidades que irão participar do seminário online, apresentando novas propostas de mobilidade urbana para melhorar a circulação em áreas de grande movimento de pessoas e fluxo intenso de veículos”, afirmou Ricardo Teófilo.

A professora de Arquitetura e Urbanismo da UFAL, Simone Romão destacou que o seminário online, organizado pela ONG WRI Brasil (World Resources Institute, valorizou o estudo acadêmico proposto em Arapiraca e o esforço dos estudantes como propostas inovadoras de mercado da arquitetura moderna.

Alunas de Arquitetura e Urbanismo da UFAL serão destaque no Seminário Online da WRI Brasil

“Esses trabalhos estão representando o Nordeste brasileiro e isto é muito significativo para todos nós, que temos orgulho do talento dos nossos estudantes de Arquitetura e Urbanismo da UFAL, mostrando que é possível superar os desafios de as pessoas se adaptarem aos espaços públicos de forma ordenada, segura e confortável”, declarou Simone Romão.

Projeto de Ruas Completas: nove áreas de intervenções

Praça dos Curis: um dos nove projetos que contemplam o Centro de Arapiraca

As nove áreas de intervenções apresentadas pelos alunos de Arquitetura e Urbanismo, para melhoria da mobilidade das pessoas na cidade de Arapiraca, com foco criativo e inovador estão relacionadas abaixo:

Área 1 – Avenida Rio Branco, pelos estudantes Emily Nunes, Nayra Soares e Rafael Araújo;

Área 2 – Mercado Público: Maria Vitória, Rubyan Matos e Sabrina Lúcio;

Área 3 – Praça dos Curis: Carlos Henrique, Larissa Guerra e Sara Pereira;

Área 4 – Rua 30 de Outubro: Alanderson Silva, Joiciane Santos e Larícia Barbosa;

Área 5 – Praça Marques da Silva: Carlos Eduardo Vieira e Thayse Karla;

Área 6 – Praça Luiz Pereira Lima (Antiga Praça da Prefeitura): Davi Jordão, Monick Aysilla e Vitória Vivia;

Área 7 – Rua Estudante José de Oliveira Leite: Henrique Silva, Natali Menezes e Sarah Silva;

Área 8 – Praça Manoel André: Eduardo Lima, Jonas Crisóstomo e Rafaella de Farias;

Área 9 – Rua 15 de Novembro: Jennifer Kelly, José Vinícius e Mayara Rodrigues.

Os projetos preliminares de Mobilidade Urbana e Ruas Completas para o Centro de Arapiraca apresentam conceito de qualidade de vida urbana por meio das ruas completas que permite oferecer a possibilidade do direito de ir e vir do cidadão no espaço da cidade, buscando conciliar os modos de circulação viária.

Saiba mais e inscreva-se no link: http://bit.ly/RuasCompletaseUniversidades5

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *