Arte-educadores mostrando os cuidados que as pessoas devem ter no trânsito da cidade. Foto: Genival Silva

As ações de prevenção de acidentes do Movimento Maio Amarelo tiveram início na manhã desta quarta-feira (3), na Praça Marques da Silva, no Centro de Arapiraca, no Agreste de Alagoas, e vão até o dia 25 deste mês.

O Movimento Maio Amarelo é uma ação mundial, que teve início em março de 2010 pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o propósito de diminuir os acidentes de trânsito durante a década de 2011 a 2020, definindo o período como a “Décadas de Ações para a Segurança no Trânsito”, em todo o mundo.

Em Alagoas as ações começaram em 2014. Arapiraca dá o ponta pé inicial das ações no Estado para este ano de 2017 com o tema “Cuidado pela Preservação à Vida”.

Com apoio da Prefeitura de Arapiraca, as equipes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/AL), do Procon, da 5ª Gerência de Educação (5ª Gere) e do Programa Promoção à Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde de Arapiraca (SMS) desenvolveram ações de conscientização às leis de trânsito no Centro da cidade.

Os cruzamentos da Avenida Rio Branco e da Rua Estudante José de Oliveira Leite serviram de exemplo de respeito ao próximo no trânsito da cidade como respeitar a faixa de pedestre e à sinalização para evitar acidentes no trânsito.

“Essas ações educativas é que fazem a diferença para conscientizar os condutores de todos os tipos de veículos e os pedestres para que juntos possam viver em harmonia no trânsito e, assim, prevenir acidentes”, ressaltou Jodelmir de Souza, superintendente da SMTT de Arapiraca.

Alunos do Premem participaram das ações do Maio Amarelo. Eles recebem palestras da SMTT sobre Educação no Trânsito. Foto: Genival Silva.

As ações na Praça Marques da Silva contaram com a participação dos alunos da Escola Estadual Senador Rui Palmeira. Os integrantes do Departamento de Educação para o Trânsito da SMTT de Arapiraca ministram palestras nas escolas municipais e estaduais, além das empresas da cidade.

Cuidado com as pessoas

De acordo com a chefe da Educação para o Trânsito, do Detran/AL, Ana Duarte, com o tema das ações deste ano “Cuidado pela Preservação à Vida”, as equipes de Educação para o Trânsito estão desenvolvendo ações de prevenção e cuidados com o próximo.

“Este tema já traz a preocupação que o governo tem com as pessoas e quer sensibilizar a todos a terem o mesmo cuidado com o próximo no trânsito. Desta forma, a intenção é que todos contribuam para a diminuição dos acidentes em Alagoas”, declarou Ana Duarte.

A abertura oficial do Movimento Maio Amarelo, em Alagoas, será no dia 8 deste mês, no Palácio República dos Palmares, sede oficial do Governo de Alagoas, em Maceió.

Os arte-educadores interagiram com os pedestres para incentivá-los a atravessar a via pela faixa de segurança. Foto: Genival Silva.

“O início dos trabalhos foram em Arapiraca porque a cidade tem muita relevância para o Estado e também os índices de acidentes aqui são maiores com relação a motociclistas. Por isso estamos com os arte-educadores realizando esse trabalho junto à população”, disse Ana Duarte.

Para a analista de Trânsito da Chefia de Segurança do Trânsito do Detran de Alagoas, Edira Soares, os trabalhos na rua são uma forma de chamar a atenção da população para o perigo que o trânsito representa na vida de cada um.

“Precisamos despertar nas pessoas a conscientização de cada uma no respeito à sinalização, as regras de trânsito e aos próprios atores do trânsito que são os motoristas, os pedestres, os ciclistas, os motociclistas e qualquer outro condutor que conduza um veículo pelas vias”, afirmou Edira Soares, que reforçou a importância da integração dos órgãos para a realização de campanhas como esta.

Equipe do Departamento de Educação para o Trânsito (DET) da SMTT de Arapiraca distribuiu panfletos com informações educativas. Foto: SMTT

As ações do Movimento Maio Amarelo terão continuidade em Arapiraca até o próximo dia 25 deste mês com palestras nas escolas, audiências públicas e com um fórum de encerramento no Planetário Municipal ou Casa de Ciência.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *