9

Arapiraca terá mais um acesso de entrada pela rodovia estadual AL-110. As obras de abertura do canteiro central na Avenida Deputada Ceci Cunha e Rua Nossa Senhora da Salete começaram na manhã desta quarta-feira (14).

Com apoio da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), técnicos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Obras (Seduo) começaram o corte de oito metros do canteiro central para interligar a Rua Nossa Senhora da Salete, que será mais uma entrada de acesso a bairros e ao Centro de Arapiraca.

Os serviços de pavimentação no trecho que liga a AL-110 à Rua Nossa Senhora da Salete já começaram. O prefeito Rogério Teófilo, acompanhado do secretário de Desenvolvimento Urbano e Obras, Daniel Oliveira; do superintendente da SMTT, Jodelmir Pereira de Souza; e de técnicos municipais vistoriou as obras.

16

“Está obra será muito importante para Arapiraca, uma vez que irá ser uma via de acesso direto da AL-110 para os bairros Novo Horizonte, Alto do Cruzeiro, Santa Esmeralda e Caititus”, declarou Daniel Oliveira, que está acompanhando a obra.

Trânsito interditado e desviado

Na Avenida Deputada Ceci Cunha o trânsito precisou ser interditado e o desvio está sendo orientado por agentes de autoridade de trânsito (AAT).

3

Os condutores precisam entrar na Rua Santa Rita, na esquina do Posto de Combustível Ipiranga, seguir à esquerda pela Rua Maria Morena Gomes, Rua Nossa Senhora do “O” e Rua Nossa Senhora da Salete para retornar para a Avenida Deputada Ceci Cunha e seguir seu destino até a rodovia estadual AL-220.

De acordo com o diretor da Gerência de Trânsito da SMTT, Edson Farias, o canteiro será aberto hoje mas só será liberado para travessia após a conclusão de toda a sinalização.

“A SMTT irá sinalizar todo o cruzamento que terá semáforo, faixas de pedestres e sinalização vertical com placas de regulamentação e retorno de quadra”, afirmou Edson Farias, que está a frente da fiscalização de trânsito no local.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *