Fotos: Samuel Alves

Durante a abertura da “Campanha Educativa Redução da Morbimortalidade por Acidentes de Trânsito” realizada pela SMTT de Arapiraca em parceria com o Detran e parceiros, o prefeito Rogério Teófilo destacou a preservação da família ao se referir aos acidentes de trânsito causados por imprudência e desrespeito às leis, na manhã desta segunda-feira (27), na Praça Luiz Pereira Lima, no bairro Centro, em Arapiraca.

Com a participação do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran), a equipe da Lei Seca, a Secretaria Estadual da Saúde (Sesau), Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio do Programa Promoção à Saúde, 5ª Gerência Regional de Educação (5ª Gere), e em meio ao Projeto Cultura na Praça, do forrozeiro Afrísio Acácio, dezenas de motociclistas foram abordados na blitz educativa.

“É importante que todo condutor dirija seu veículo respeitando às leis de trânsito e não ingerir bebida alcóolica se responsabilizando por um trânsito seguro e de paz”, afirmou o prefeito Rogério Teófilo.

Dezenas de agentes de autoridade de trânsito da SMTT de Arapiraca participaram das ações educativas em parceria com a equipe da Lei Seca, que fizeram as abordagens a motociclistas e a condutores de veículos em geral na Rua Experidião Rodrigues e Domingos Correia, no centro de Arapiraca.

“Essa ação em parceria com o Estado e os órgãos municipais é muito importante para que possamos diminuir os índices de acidentes de trânsito em Arapiraca e em toda a Região do Agreste”, disse o superintendente da SMTT de Arapiraca, Jodelmir Pereira de Souza.

“Preservar vidas”. Foi o que ressaltou o coordenador de Segurança do Trânsito do Detran e Conselheiro Estadual de Trânsito, Antônio Monteiro. Ele frisou também a importância do engajamento de todos os órgãos estaduais e municipais no trabalho da redução de acidentes.

Já o assessor técnico da Secretaria Estadual de Saúde, Eloi Yanes, declarou que os gastos do Estado com a recuperação de acidentados no trânsito é muito alto, mas não citou valores. Ele disse que as ações educativas têm contribuído para conscientizar os condutores, mas o trabalho tem que ser constante.

Dados das ações de trânsito

O coordenador da Lei Seca em Alagoas, tenente do Batalhão de Policiamento de Trânsito da Polícia Militar (BPTran), Emanuel Costa, apresentou os números das ações de trânsito de janeiro a outubro deste ano na capital e no interior do estado.

Segundo ele, já ocorreram 326 ações da Lei Seca compreendendo fiscalização e ação educativa. Nessas ações foram constatas 5.889 infrações de trânsito por diversas irregularidades. Foram realizados 24.278 testes de alcoolemia e 22.288 veículos foram abordados nas ações.

O tenente Emanual Costa disse, ainda, que 399 veículos foram removidos aos pátios de Detran e das Ciretrans e 1.118 CNH’s foram recolhidas ao órgão de trânsito.

Segundo ele, o dado que representa fator extremamente preocupante é com relação ao inabilitados, isto é, condutores que dirigem sem possuir a Carteira Nacional de Habilitação. Nas 326 ações foram contabilizados 1.377 condutores sem habilitação.

“Nosso trabalho é feito exclusivamente para preservamos a vida e precisamos da contribuição de todos para que os acidentes diminuam em Alagoas”, afirmou Emanuel Costa.

De acordo com a analista de trânsito do Detran, Edira Soares, esta foi a segunda blitz educativa da Lei Seca na Praça Luiz Pereira Lima, em Arapiraca, e outras duas aconteceram em empresas do município.

O mototaxista Erlon Charles Barbosa, de 44 anos, foi abordado e fez o teste do bafômetro pela primeira vez.

“É muito importante educar a todos nós que trabalhamos e utilizamos o trânsito da cidade”, afirmou ele.

As Secretarias de Saúde também realizaram aferição da pressão arterial às pessoas presentes na praça, além da distribuição de preservativos. A Secretaria Municipal de Saúde foi representada por Fátima Ramalho e Ana.

Já a Universidade Federal de Alagoas (Ufal) em parceria com a Universidade de São Paulo (USP) e a Sesau realizou pesquisa do perfil sóciodemográfico dos motociclistas e o uso de substâncias ilícitas por meio da coleta de sangue dos condutores. Alunos do professor Edson Cavalcante, da Escola Estadual Senador Rui Palmeira (Premem) também participaram do evento.

Os Moto Clubes Seven e Centuriões do Rei estiveram presentes às ações educativas de trânsito para levarem adiante as informações e conscientizarem os motociclistas sobre a preservação de vidas no trânsito. Em seguida, eles fizeram um passeio pelas ruas da cidade.

A campanha também será realizada nas cidades de Palmeira dos Índios, na próxima quinta-feira (30), na Praça do Skate, Agreste de Alagoas, e na sexta-feira (1º/12), em Santana do Ipanema, na Praça Dr. Adelson, e se encerrará no sábado (2), em Delmiro Gouveia, na Praça Nossa Senhora do Rosário, no Sertão de Alagoas.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *