Fotos: SMTT

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Arapiraca (SMTT) unificou o estacionamento na Rua Monsenhor Macêdo, do trecho que compreende à Rua Dr. Pedro Correia à Rua Domingos Rodrigues.

Quatro placas de Regulamentação de ‘Proibido parar e estacionar’ (R-6c) já foram implantadas nas calçadas do lado esquerdo da via, sentido Parque Ceci Cunha, na manhã desta terça-feira (28).

De acordo com o superintendente da SMTT de Arapiraca, Jodemir Pereira de Souza, a via é um corredor de ônibus e facilitará o fluxo do transporte público e dos veículos em geral com a unificação do estacionamento, uma vez que as outras três quadras da rua o estacionamento é à direita da via.

“Unificamos o estacionamento para promover um fluxo de veículos mais livre para deixar o trânsito fluir melhor na região central da cidade”, afirmou Jodelmir de Souza.

Orientação educativa

Agentes de autoridade de trânsito da SMTT conversaram com os condutores dos veículos que já estavam estacionados no local para que os carros fossem retirados. A partir desta terça-feira a orientação dos agentes é educativa e permanecerá até o final desta semana.

Para o motorista de ônibus Fábio do Nascimento, de 26 anos, a proibição de estacionar no lado esquerdo da rua será melhor para os condutores do transporte público, que tinham dificuldades de manobrar o veículo para entrar na Rua Domingos Rodrigues (antiga Rua do Peixe).

“Com a retirada dos veículos já estou passando por aqui com mais tranquilidade e segurança. Havia momentos em que tinha que esperar um carro sair para o ônibus poder passar com os veículos estacionados dos dois lados”, afirmou o motorista.

Segundo o gerente de Trânsito da SMTT, Edson Farias, o disciplinamento se dará para que os condutores possam se adaptar à proibição de estacionar no lado esquerdo da Rua Monsenhor Macêdo.

“Com o estacionamento permitido somente à direita da via, o fluxo irá melhorar consideravelmente e teremos um trânsito mais seguro no centro de Arapiraca”, assegurou Edson Farias.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *